Pomada para candidíase – Como usar, causas e Tratamento

A melhor pomada para candidíase é aquela que possui uma poderosa substância antifúngica conhecida por miconazol. No mercado atual, existem duas ótimas opções: a Candicort e a Nistanina.

Ambas amenizam bastante a coceira incômoda na vagina, uma vez que elimina a infeção fúngica. No entanto, essas pomadas só podem ser usadas com a orientação de um ginecologista ou urologista (no caso dos homens).

Pomada para candidíase
Pomada para candidíase (Foto: Reprodução)

As pomadas são muito indicadas para o tratamento da candidíase, no entanto há a alternativa de tomar 1 comprimido, sendo dose única, de Itraconazol 200 mg ou Fluconazol 150 mg por 3 dias.

Outras opções de pomada para candidíase são:

  • Terconazol 0,8% – 3 a 5 dias (com aplicador)
  • Nitrato de Miconazol 2% – 7 a 14 dias (com aplicador)
  • Clotrimazol 2% – 3 dias
  • Clotrimazol 1% – 7 a 14 dias

Mais uma vez, vale ressaltar que a pomada deve ser receitada por um médico, sempre seguindo as orientações de tempo de uso.

A pomada Cetoconazol é indicada para tratamento de micoses das unhas e pele, no entanto não é recomendada para a utilização na região íntima.

Como usar a pomada para candidíase

Pomada sem aplicador – área externa da região íntima feminina e masculina

Lave e seque as mãos e a região íntima com bastante cuidado e sempre removendo a pele que está soltando.

Feito isso, aplique meio centímetro de pomada na região externa da genitália e deixe com que o remédio faça o seu trabalho por cerca de 4 horas. Após esse período, repita o processo.

Pomada com aplicador – recomendada somente para mulheres

Lave e seque a região íntima e as mãos. Remova a pele que pode estar soltando.

Abra a embalagem da pomada para candidíase, acople o aplicador e puxe o conteúdo da bisnaga para dentro do aplicar até que o mesmo encha. Assim que o mesmo estiver completo, desacople o aplicador da bisnaga.

Leia Também:

Remédio caseiro para candidíase – Causas e Tratamento

Remédio caseiro para corrimento vaginal – Causas e Tratamento

Deite-se em uma superfície plana e confortável com as pernas dobradas. Introduza o aplicador no interior da vagina (o mais profundo que conseguir) e vá liberando a pomada enquanto remove a mesma da genitália.

Assim que finalizar o procedimento, lave o aplicador com água e sabão, a fim de garantir com que nenhum resquício de pomada fique no interior do mesmo.

COMPARTILHAR

DEIXE O SEU COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here